Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portfólio de Psicologia

Portfólio de Psicologia

Influência social

22.05.22, Francisca Cardoso

A influência social foi definida por Secord Backman (1964) como ocorrendo quando “as ações de uma pessoa são condição para as ações de outra”. Ou seja, podemos dizer que o comportamento de alguém foi influenciado socialmente quando ele se modifica na presença de outrem. É preciso notar que, para que esta definição se adeque ao campo da psicologia social onde se originou, é necessário acrescentar que esta “presença de outrem” não é necessariamente real. Esse outrem pode ser apenas imaginado, pressuposto ou antecipado sem que os fenômenos provenientes dessa influência cessem de ocorrer.

Sua importância para definir nosso comportamento está estimada entre 30 e 90% dependendo da definição utilizada. Definindo, na maioria das vezes subconscientemente, por exemplo, que roupa vamos utilizar, quais comportamentos são adequados em determinado ambiente, o que devemos e não devemos fazer durante uma fase de desenvolvimento e diretamente e indiretamente influenciando as leis de uma nação.

Os principais mecanismos dessa modelagem, segundo a psicologia comportamental ou behaviorismo, estão no reforçamento e punição. Sendo mais eficazes de acordo com a assertividade e a retórica do agente influenciador.

Assim por exemplo um amigo pode mediar comportamentos em outro amigo com quem tenha empatia sorrindo e elogiando quando ele executar um comportamento que lhe seja considerado como agradável e desejável e ficando com raiva e criticando comportamentos que ele considere desagradável e indesejável.

Atividades

22.05.22, Francisca Cardoso

A história do leão- a atividade consistia em ouvir a história do Leão e tentar memorizar a mesma, foi uma atividade bem interessante e provou que não sou boa a memorizar as coisas mais importantes, fixei apenas a o nome do leão ( Sultão), a cor do vestido que a mulher usava, que tinha uma criança ao colo, porém não consigo lembrar muito sobre as aulas, tento anotar para não esquecer e acabo por esquecer onde anotei.

"Desenho o boneco", a partir das instruções- nesta atividade deviamos desenhar um boneco apartir das instruções da professor, era algo muito simples, mas eu não fiz pois pensei que fosse uma atividade semelhante a " história do leão" e limitei apenas a ouvir e tentar memorizar tudo para poder falar o que conseguir memorizar.

Filme Crash

22.05.22, Francisca Cardoso

Sinopse ( retirada do site Adoro cinem)

Jean Cabot (Sandra Bullock) é a rica e mimada esposa de um promotor, em uma cidade ao sul da Califórnia. Ela tem seu carro de luxo roubado por dois assaltantes negros. O roubo culmina num acidente que acaba por aproximar habitantes de diversas origens étnicas e classes sociais de Los Angeles: um veterano policial racista, um detetive negro e seu irmão traficante de drogas, um bem-sucedido diretor de cinema e sua esposa, e um imigrante iraniano e sua filha.

Ver a imagem de origem

 

Reflexão sobre o filme

"Crash" é um filme que evidencia o retrato de uma sociedade marcada pelo preconceito. Este, no entanto, não é reflectido na ingénua forma preto-branco, mas como uma realidade complexa: negros, brancos, muçulmanos, latinos,pobres, ricos. Tudo começa a partir do roubo de um carro de uma mulher, com a aproximação dos envolvidos há uma dismistificação dos preconceitos e julgamentos presentes na sociedade que muita das vezes é passado de geração em geração.

"A estranha política do nojo"

22.05.22, Francisca Cardoso

Mas o que uma imagem repugnante tem a ver com a forma como você vota? Durante o Talk Show armado com dados de pesquisas e experimentos recentes,  o professor Pizarro demonstra a correlação entre os sinais de sensibilidade ao nojo uma imagem desagradável de fezes, mau cheiro) e conservadorismo moral e político. Em outras palavras: pessoas que são mais medrosas, mais facilmente enojadas, inclinam-se para a direita do espectro político e também para o conservadorismo moral e, por sua vez, pessoas muito liberais e progressistas não gostam de quase nada. Você está? Você geralmente enoja (direita) ou odeia (esquerda)? 

 

Ver a imagem de origem

 

Resultado de imagem para pao com bulor

Pirâmide de Maslow

10.05.22, Francisca Cardoso

Pirâmide de Maslow ou a Hierarquia das Necessidades de Maslow é um conceito criado pelo psicólogo norte-americano Abraham H.Maslow, que determina as condições necessárias para que cada ser humano atinja a sua satisfação pessoal e profissional.

De acordo com a ideia de Maslow, os seres humanos vivem para satisfazer as suas necessidades, com o objetivo de conquistar a sonhada autorrealização plena. O esquema descrito na Pirâmide de Maslow trata justamente da hierarquização dessas necessidades ao longo da vida do ser humano.

A Pirâmide de Maslow é dividia em cinco níveis hierárquicos, cada um formado por um conjunto de necessidades. Na base da pirâmide estão os elementos que são considerados primordiais para a sobrevivência de uma pessoa, como a fome, a sede, o sexo e a respiração. Para progredir na hierarquia é necessária a conquista das condições elementares da Pirâmide, passando para os próximos níveis, um a um, até alcançar o topo.

Ver a imagem de origem

Etapas da Hierarquia das Necessidades de Maslow

Necessidades fisiológicas:está é a base da Pirâmide, onde estão as necessidades básicas de qualquer ser humano, como a fome, a sede, a respiração, a excreção, o abrigo e o sexo, por exemplo.
Necessidades de segurança:é o segundo nível da hierarquia, onde estão os elementos que fazem o indivíduos se sentirem seguros, desde a segurança em casa até meios mais complexos, como a segurança no trabalho, segurança com a saúde (planos de saúde) e etc.
Necessidades sociais: é o terceiro nível da Pirâmide. Neste grupo estão as necessidades de se sentir parte de um grupo social, como ter amigos, constituir família, receber carinho de parceiros sexuais e etc.
Necessidades Estima: é a quarta etapa da Pirâmide de Maslow, que agrupa duas principais necessidades - a de reconhecer as próprias capacidades e de ser reconhecido por outras pessoas, devido a capacidade de adequação do indivíduo. Ou seja, é a necessidade que uma pessoa tem de se orgulhar de sim própria, sentir a admiração e orgulho de outros indivíduos, ser respeitada por si e pelos outros, entre outras características que envolvam o poder, o reconhecimento e o orgulho, por exemplo.
Necessidades de autorrealização: este é o topo da Pirâmide, quando o indivíduo consegue aproveitar todo o potencial de si próprio, com auto controle de suas ações, independência, a capacidade de fazer aquilo que gosta e que é apto a fazer, com satisfação.
Existem algumas particularidades em relação as etapas da Pirâmide de Maslow que devem ser levadas em consideração:

Uma etapa deve ser saciada (pelo menos em parte) para que o indivíduo passe para o próximo nível da hierarquia.
As necessidades da autorrealização nunca são saciadas, sempre que uma necessidade se sacia, surgem novas ânsias e objetivos.
As necessidades fisiológicas nascem com os seres humanos e são as mais fáceis de serem saciadas, ao contrário das outras etapas.
Quando se conquista determinados elementos de um grupo de necessidades, o indivíduo sempre se motiva em conseguir atingir mais objetivos.
As necessidades insatisfeitas, ou seja, que não conseguirem ser cumpridas, implicam reações negativas no comportamento do indivíduo, como frustrações, medos, angústias, inseguranças e etc.
Maslow ainda identificou, após a construção do esquema da Pirâmide, outras duas necessidades do indivíduo que se considera autorrealizado, que foram classificadas como "cognitivas".